como se prevenir do coronavírus
Lavar as mãos é uma atitude fundamental para evitar a disseminação do coronavírus. Foto: Ivabalk / Pixabay

Como se prevenir do coronavírus

Você pode se prevenir da infecção e transmissão do coronavírus se tomar algumas medidas simples de precaução, tais como:

  • Lavar bem as mãos regularmente com água e sabão ou higienizá-las com álcool 70º.
    Por quê? Lavar as mãos com água e sabão ou utilizar álcool 70º elimina os vírus que podem estar nas suas mãos.
  • Manter pelo menos 1 metro de distância entre você e qualquer pessoa que esteja tossindo ou espirrando.
    Por quê? Quando alguém tosse ou espirra, a pessoa espalha gotículas que podem conter o coronavírus. Se você estiver muito perto da pessoa, você pode inalar essas gotículas que podem estar contaminadas com o vírus causador da COVID-19.
  • Evite tocar os olhos, nariz e boca.
    Por quê? Utilizamos as nossas mãos em vários tipos de superfície durante um dia, e assim podemos pegar o coronavírus. Uma vez contaminadas, as mãos podem passar o vírus para os olhos, nariz e boca. A partir desses órgãos, o vírus pode invadir o seu corpo e causar a doença.
  • Siga as recomendações de higiene ao tossir e espirrar. Isso significa utilizar um lenço ou o cotovelo dobrado à frente da boca e do nariz. Em seguida, descarte o lenço imediatamente.
    Por quê? As gotículas espalham o vírus. Ao seguir essas recomendações de higiene você protege as pessoas ao seu redor de serem infectadas por doenças como resfriado, gripe e COVID-19.
  • Fique em casa se estiver passando mal. Se você estiver com os sintomas do coronavírus (febre, tosse e dificuldade para respirar), procure atendimento médico imediatamente. Siga as recomendações das autoridades de saúde da sua região.
    Por quê? As autoridades de saúde nacionais e locais terão as informações mais atualizadas sobre a situação do coronavírus na região onde você mora. Procurar atendimento médico imediato é imprescindível para agilizar os recursos de saúde necessários para você. Além de te proteger, tais medidas contribuem para evitar a disseminação do coronavírus e de outras infecções.
  • Fique atento aos casos de coronavírus dos lugares mais afetados. Se possível, evite viajar, principalmente se você for idoso ou tiver diabetes, doenças respiratórias ou cardíacas.
    Por quê? Você tem mais chances de pegar COVID-19 nesses lugares.

Como se prevenir do coronavírus nos locais mais afetados pela COVID-19

Se você mora ou vistou nos últimos 14 dias algum lugar severamente afetado pelo coronavírus, além de seguir as recomendações descritas acima, fique em casa se você começar a passar mal. Mesmo que os sintomas sejam leves, como dor de cabeça, febre baixa e congestão nasal, não saia de casa até que você esteja completamente recuperado.

Se você convive com outras pessoas na sua residência, é fundamental usar uma máscara de proteção para evitar o contágio das outras pessoas.

Lembre-se que, caso os sintomas se agravem (febre, tosse e dificuldade para respirar), é preciso buscar atendimento médico imediatamente.